Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Brexit: libra em alta perante clima incerto

Brexit: libra em alta perante clima incerto
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A libra esterlina manteve esta quarta-feira uma tendência positiva, um dia depois da rejeição do acordo do Brexit proposto pelo executivo de Theresa May.

O governador do Banco de Inglaterra, Mark Carney, estima que os mercados acreditam na possibilidade de um atraso na saída da União Europeia, para permitir encontrar um plano alternativo.

O Comissário Europeu para os Assuntos Económicos, Pierre Moscovici, diz que "os britânicos deixaram bastante claro aquilo que não querem. Agora têm de dizer o que querem. Sabemos que é esperado um plano B [do governo britânico] nos próximos dias e estamos à espera dele".

Os próximos passos serão cruciais. Para muitos analistas, o pior cenário seria uma continuação do processo de saída do bloco comunitário sem qualquer tipo de acordo.

O analista Michael Baker afirma que "seria um salto no vazio, com a libra - que tem marcado o passo nos últimos anos - a registar quedas recorde, descendo para níveis aos quais não assistimos há muitos anos".

Um Brexit sem período de transição é o pior temor dos setores financeiro e empresarial, que defendem que um atraso na saída da UE mediante o artigo 50 do Tratado de Lisboa permitiria negociar um acordo mais benéfico.