Produção de 'smartphones' em queda

Produção de 'smartphones' em queda
Tamanho do texto Aa Aa

A produção de 'smartphones' está em queda. Os números não mentem e a queda poderá chegar aos 289 milhões de unidades no primeiro trimestre deste ano.

Esta a conclusão da análise publicada pelo banco Credit Suisse, isto equivale a 19% da produção total de telemóveis, um valor que não se via desde 2013.

As previsões sugerem uma queda de 40% para a Apple. A China também registou um abrandamento nos últimos meses embora as marcas chinesas tenham vindo a conquistar mercado à Apple e Samsung.

Apesar do abrandamento, a chinesa Huawei registou crescimento atingindo o objetivo anunciado de 200 milhões de unidades em 2018.

A sul-coreana Samsung permanece a empresa número um mundial no setor.

A confirmar a tendência negativa, a empresa austríaca AMS que produz tecnologia de reconhecimento facial para a Apple reduziu em 15% as previsões de rendimentos para este ano.