Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

UE e Japão reforçam parceria

UE e Japão reforçam parceria
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Bruxelas acolheu esta quinta-feira a vigésima-sexta cimeira União Europeia - Japão.

Por detrás do estreitar de laços está a política unilateralista do presidente norte-americano.

Representantes japoneses e europeus, incluindo o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, reuniram-se esta quinta-feira em Bruxelas, um testemunho da crescente colaboração entre o bloco europeu e o gigante asiático.

Atrás do estreitar de relações está a política comercial "A América Primeiro" do presidente Donald Trump.

O enorme acordo de comércio União Europeia Japão assinado no ano passado não teria acontecido sem ele.

"Há dois meses a nossa ligação foi aprofundada pela entrada em força do Acordo de Parceria Económica União Europeia - Japão, o maior acordo comercial do mundo. Ao implementá-lo rapidamente estamos a aumentar a prosperidade e a qualidade de vida dos nossos povos", disse o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk.

Ambos os lados comprometeram-se a aumentar a coordenação em várias áreas como a proteção mútua de dados e as políticas ambientais, desde a cooperação em transportes até ao fornecimento de energias sustentáveis.

Numa altura em que o multilateralismo é alvo de ataques constantes, a UE e o Japão emergem como aliados naturais.

"Esta cimeira reflete a parceria estratégica entre o japão e a União Europeia. Partilhamos valores comuns universais incluindo a liberdade, democracia, direitos huamnos e o estado de direito", afirmou Takeshi Osuga, porta-voz do governo japonês.

De recordar que o Japão ocupa atualmente a presidência do G20.