Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Madonna: "Madame X" é uma carta de amor a Portugal

Madonna: "Madame X" é uma carta de amor a Portugal
Direitos de autor
REUTERS/Mario Anzuoni
Tamanho do texto Aa Aa

A "Material Girl" transforma-se em Madame: "Madame X". O alter-ego da cantora dá nome ao álbum número 14, lançado a 14 de junho, aos 60 anos. A canção número 15 é cantada na língua portuguesa. Números que se misturam as letras das músicas, influenciadas pela vida em Lisboa e que trazem muitos convidados pelo braço.

"Ela sente a responsabilidade de inspirar, de ajudar, de trazer luz a locais escuros. E assume a personagem que for necessária para conseguir o que quer. Portanto, Madam X, é um camaleão", explica Madonna.

"Medellín," o principal single do disco, é um dueto com uma super-estrela latina - o colombiano Maluma. E ''CRAVE" é uma colaboração com o rapper Swae Lee. As pistas refletem as múltiplas personalidades de Madam X. “Às vezes é uma combatente pela liberdade, outras vezes é instrutora de "cha cha cha", outras tem saudades do amor, às vezes sente uma certa nostalgia da infância e do passado. Às vezes, pensa em todas as pessoas no mundo que estão a sofrer e que não têm voz... E que precisam de uma voz... E tem um sentido de responsabilidade para com essas pessoas”, disse Madonna.

A brasileira Anitta também está na lista de convidados, com uma versão de um sucesso de Blaya. Um disco repleto de forças criativas, mas "Madam X" é a principal.