Última hora

Odebrecht pede proteção contra credores para evitar falência

Odebrecht pede proteção contra credores para evitar falência
Tamanho do texto Aa Aa

Com dívidas acumuladas de 83 mil milhões de reais, cerca de 19 mil milhões de euros, a construtora brasileira Odebrecht, no centro do escândalo de corrupção Lava Jato, recorreu ao mecanismo de proteção contra credores para tentar evitar a falência.

O pedido de recuperação judicial, feito no Tribunal de Justiça de São Paulo, é o maior na história do Brasil.

O processo envolve 21 empresas não operacionais do grupo e 51 mil milhões de reais, perto de 12 mil milhões de euros, de dívidas passíveis de reestruturação.

O mecanismo de proteção permite a uma empresa com excesso de dívidas, mas que não está ainda numa situação de cessação de pagamentos, manter a atividade e empregos, dispondo de um prazo de seis meses para resolver os litígios com os credores, enquanto efetua uma restruturação dos negócios e define um plano de resgate financeiro, com o objetivo de evitar a bancarrota.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.