A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Insiders: Como o resultado das eleições europeias afetaram a Itália e a Polónia

Insiders: Como o resultado das eleições europeias afetaram a Itália e a Polónia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Nos últimos seis meses, viajamos para as linhas de frente da Europa conversando com os cidadãos sobre as esperanças e medos para o futuro, à medida que as eleições europeias se aproximavam. Agora, meses depois da votação, voltamos a falar sobre as principais conclusões, a vitória dos verdes e o fortalecimento dos partidos de extrema-direita anti-imigrantes.

Apresentamos-lhe duas reportagens no Insiders Unlported Europe - a revista de atualidades da Euronews. Uma de Itália e outra da Alemanha.

ITÁLIA

A repórter Valerie Gauriat foi até à ilha de Lampedusa- ilha no mediterrâneo palco da tragédia do fluxo migratório dos últimos anos - perceber como é que se está a lidar com a divisão partidária que se estabeleceu depois das eleições.

Mais de 40% das pessoas da ilha votaram no partido Liga, de Matteo Salvini, partido anti-imigração, mas muita gente votou no Partido de Pietro Bartolo, médico e recém eleito deputado europeu. Bartolo é conhecido como o médico dos migrantes. Além da profissão que exerce, foi sempre a voz pró-migração da ilha.

Bartolo disse: "Temos o dever e a responsabilidade de ajudá-los".

A proprietária de um restaurante, Angela Maraventano, também ex-deputada do Partido da Liga, disse: "Temos vindo a acolher migrantes gratuitamente. E agora já nos fartamos.Vamos pedir ao governo e ao Parlamento Europeu que nos dê algo em troca.", contou a Valerie. "Queremos viver serenamente na nossa ilha, vamos acolher aqueles que precisam, mas vamos lutar contra este fenómeno. Porque por detrás há delinquência, há máfias. Portas abertas para navios de cruzeiro, para pescadores, para turistas. Portas fechadas para aqueles que traficam carne humana, lutaremos sempre, sempre."

ALEMANHA

Hans von de Brelie visitou a Alemanha, onde falou com um novo defensor do Partido Verde - Stephan Alof - que costumava votar nos social-democratas ou na CSU. Agora está a votar no Partido Verde. Contou a Damon que espera poder lutar contra os problemas que apresentaram na campanha.

"O que conta agora é caminhar pela ecologia, pela luta contra a extrema direita, para apoiar os necessitados e o desemprego dos jovens por toda a Europa. Esses são os tópicos importantes a serem abordados agora", disse Alof.

O especialista florestal, Ralf Straussberger disse: "A mudança climática está a ter um efeito notável na região, de acordo com o especialista florestal Ralf Straussberger.". Trabalha para a associação de proteção da natureza 'Amigos da Terra', e acha que uma mudança de temperatura a longo prazo poderia tem enormes consequências:

"É uma situação dramática. Se os políticos não tomarem medidas para impedir as alterações climáticas, teremos condições climáticas mediterrânicas."

Assista ao programa completo ao clicar no vídeo em cima.