A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Tempestades fazem pelo menos três mortos em Itália

Um carro ficou preso nas repentinas inundações que afetaram o sul da Polónia
Um carro ficou preso nas repentinas inundações que afetaram o sul da Polónia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos três pessoas morreram em Itália devido às fortes tempestades que este fim de semana voltaram a afetar o centro da Europa após mais uma onda de calor abrasador que bateu recordes em várias cidades.

As alterações climáticas voltaram a fazer das suas e este sábado uma mulher, de 27 anos, cujo carro terá sido arrastado por um tornado na região de Fiumicino, em Roma, acabou por perder a vida.

De acordo com o pai, a vítima teria saído de casa, num pequeno "Smart" para comprar tabaco.

Em Arezzo, na Toscana, um homem de 72 anos, que havia ficado incontactável na noite sábado, foi encontrado morto numa valeta da zona de Olmo, horas depois de os bombeiros e a polícia terem encontrado o respetivo carro vazio sob um viaduto.

Esta vítima de Arezzo terá sido apanhada por deslizamentos de lama.

Mais a norte, junto à fronteira com a Áustria e a Suíça, uma atleta norueguesa de ultra maratonas foi atingida por um raio e morreu. Silje Fismen, de 45 anos, estava a participar na Ultra SkyRace do Tirol do Sul quando foi atingida pelo raio junto ao lago de San Pancrazo.

Um comunicado da organização da prova explica que o incidente se deu por volta das 19h15 (menos uma hora em Lisboa), a cerca de 2120 metros de altitude.

A corrida tinha sido suspensa cerca de meia hora antes exatamente devido à ocorrência da tempestade, com os atletas a dirigirem-se para os vários abrigos de montanha na região.

A vítima era uma dos atletas ainda em trânsito para um destes abrigos, refere o comunicado da Südtirol Ultra Race, que pode ser lido na íntegra no rodapé desta notícia através da publicação de Facebook partilhada pela organização.

Em Barcelona, a tempestade lançou o caos este sábado no centro da cidade condal e até as chegadas ao aeroporto El Prat tiveram de ser suspensas.

Na Áustria, há registo de chuva de granizo, com a queda de gelo do tamanho de bolas de golfe no sábado.

As fortes tempestades abateram-se sobre o centro da Europa a partir de sexta-feira à noite, marcando o fim a mais uma onda de calor abrasador que bateu recordes em diversas cidades europeias.

Em pleno menos 15 municípios alemães foram estabelecidos novos máximos de calor e até o pequeno lago Würmsee, a norte de Hanôver, na Baixa Saxónia, quase secou por completo.

Os últimos avisos meteorlógicos na Alemanha estão relacionados com as tempestades.

Os fenómenos climáticos extremos num curto espaço de tempo paracem estar a tornar-se no novo "clima normal" da Europa.

Tragica disgrazia alla Südtirol Ultra Skyrace Sabato sera un tragico incidente ha gettato un’ombra sull’edizione 2019...

Publiée par Südtirol Ultra Skyrace sur Samedi 27 juillet 2019