Última hora
This content is not available in your region

Quem são os BRIC?

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Quem são os BRIC?
Tamanho do texto Aa Aa

Stéphane, Paris: “Apesar da crise dos mercados emergentes, estes parecem lidar melhor com a situação do que outros. É o caso do grupo BRIC cuja cimeira vai ser realizada no Brasil. Mas quem são estes países?”

Guntram B. Wolff, Diretor da Bruegel, think-tank especializada em economia, (Bruxelas), http://www.bruegel.org/ : “Os países BRIC são até agora uma associação informal de países composta pelo Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. A sua dimensão tem crescido muito nos últimos 10 anos; o PIB aumentou de forma massiva, enquanto que os rácios da dívida e os rácios da dívida dos mercados emergentes, em geral, têm caído consideravelmente. Portanto, esta situação coloca-os em grande contraste com países desenvolvidos que, na verdade, aumentaram os níveis da dívida e têm um aumento do PIB ainda menor do que anteriormente. Desta forma, estamos a assistir a uma verdadeira mudança das economias desenvolvidas em relação às economias emergentes. Com os países BRIC a ficarem mais fortes e economicamente muito mais poderosos do que as economias desenvolvidas.

O seu crescimento deve-se aos seus diferentes níveis de desenvolvimento, que ainda se estão a equilibrar. Também têm uma grande quantidade de pessoas ainda muito jovens, diferentes demografias e estão com muita sede de crescimento, de novos empregos e de novas oportunidades. A ideia da cimeira dos BRIC é concordar em certas posições e formar um consenso entre si. Mas isso não é fácil para este grupo de países, porque são, naturalmente, um grupo diversificado, talvez mais diversificado do que os países da União Europeia. Vêm de diferentes continentes, com tradições muito diferentes e em relação à economia: têm uma estrutura bastante diferente, mas é claro que têm interesses em comum, como por exemplo o acesso aos mercados, ou o papel da energia e das matérias-primas, que, para eles, são muito mais importantes do que para muitas economias desenvolvidas…”

Se também gostaria de fazer uma pergunta em U-talk, clique no botão abaixo.