Última hora
This content is not available in your region

Uma cabóiada com vampiros iranianos

Uma cabóiada com vampiros iranianos
De  Euronews
Tamanho do texto Aa Aa

“A Girl Walks Home Alone at Night”, o primeiro filme de Ana Lily Amirpour, é tido como o primeiro western de terror iraninano. Filmado a preto e branco, a película inspira-se no romance escrito pela realizadora e conta com o desempenho da americana Sheila Vand no papel principal.

Sheila Vand:

“O filme é acerca de uma vampira solitária que dá por si numa cidade-fantasma no Irão, chamada Bad City, que está cheia de escumalha da sociedade, como prostitutas, chulos e drogados. Ela encontra uma faísca de amor e cria um elo inesperado com um jovem que também se encontra preso nas suas circunstâncias, mas é claro que eles estão condenados porque ela é uma vampira e ele não. Trata-se portanto de uma história de amor e de um western iraniano de vampiros.”

O filme centra-se no romance entre um jovem e uma vampira solitária, que passa o seu tempo a deambular pela ruas permanentemente desertas da cidade.

Sheila Vand:

“Eu adoro o facto de o filme ser falado em Farsi, não o consigo imaginar noutra língua. Como foi rodado no Irão é algo muito raro. Vi alguns filmes nos quais a ação decorre no estrangeiro e as personagens falam inglês, o que me deixa fora de mim. Penso que é uma experiência mais interessante quando é falado em Farsi. E tem mais piada atuar em Farsi porque é uma camada extra na caracterização. Sentimo-nos imediatamente transformados porque as palavras que nos vêm à boca não são as palavras que usuamos no dia a dia.”

Elijah Wood, o famoso Frodon do Senhor dos Anéis, surge no genérico como produtor-executivo. O filme estreou em algumas sala em finais de novembro.