Última hora
This content is not available in your region

"Sniper americano" de Clint Eastwood nomeado para Óscar

"Sniper americano" de Clint Eastwood nomeado para Óscar
Tamanho do texto Aa Aa

“Sniper americano” é a história relatada na primeira pessoa de um militar norte-americano que matou mais de 150 pessoas enquanto atirador de elite. A longa-metragem de Clint Eastwood foi nomeada para o Óscar de melhor filme.

Bradley Cooper incarna o papel principal e é um dos nomeados para o Óscar de melhor ator.

“O facto de ter recebido a confiança da família para contar a história deste homem exerceu uma pressão enorme sobre mim. O que é normal porque é uma grande honra incarnar o papel deste homem”, disse o ator norte-americano.

A mulher do militar Chris Kyle, já falecido, esteve na estreia do filme.

“Sinto-me feliz por vê-lo porque amei a nossa história de amor. Ao vê-lo de novo desta forma constato que o Bradley fez um bom retrato”, considerou Taya Kyle.

“Sniper Americano” é o 34º filme do realizador de 84 anos.

“Gostei da história da família e de ele ser um herói e um ás, um dos melhores atiradores da história americana. A ideia era perceber de onde vinha essa força e como é que ele se sentia em relação a isso”, explicou o realizador de 84 anos.

Os atores do elenco elogiam o trabalho de Clint Eastwood.

“Ele faz um ou dois takes e assume mesmo a realização, não ficamos confusos, ele cria um ambiente em que conseguimos fazer as coisas no primeiro take o que é mágico”, disse a atriz Sienna Miller.

“Sniper americano”, de Clint Eastwood, chega às salas de cinema portuguesas a 22 de janeiro.