Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Academia de Astronautas: "É como uma montanha russa"

Academia de Astronautas: "É como uma montanha russa"
Tamanho do texto Aa Aa

Neste episódio da Academia de Astronautas, fomos falar com o celebrado astronauta alemão Alexander Gerst, que nos explicou passo a passo uma das partes mais duras de uma missão espacial: a reentrada na atmosfera terrestre. Aqui ficam alguns excertos da entrevista com Gerst:

Quando começamos a entrar na atmosfera, vemos tudo a arder, incluindo a parte onde nos encontramos.

“É como uma viagem na montanha russa, a melhor que se possa imaginar.”

“Para entrar em segurança na atmosfera, é preciso dividir a nave em três partes diferentes. O sistema vai desfazendo a nave violentamente.”

“Quando começamos a entrar na atmosfera, vemos tudo a arder, incluindo a parte onde nos encontramos. Há pequenos bocados de nave que se desintegram, que derretem mesmo, e que se desfazem a alta velocidade.”

“Somos empurrados para trás, é difícil respirar, a língua parece que vai descer pela garganta abaixo. É um momento muito difícil…”

“Quando o pára-quedas é acionado, temos cerca de 10 minutos para nos prepararmos para a aterragem, o que também é duro, é como se fosse um pequeno acidente de carro…”

Alexander Gerst

Famoso pelos vídeos em timelapse que faz nos tempos livres na Estação Espacial Internacional, Alexander Gerst é o astronauta mais reputado da Alemanha. Passou 6 meses na ISS em maio de 2014. Alex é natural de Künzelsau, na Alemanha e interessa-se por esgrima e natação. Estudou na Universidade de Karlsruhe, antes de desenvolver novas técnicas de monitorização de vulcões, para um mestrado na Victoria University de Wellington, na Nova Zelândia.