Última hora
This content is not available in your region

"Os Anos Negros": A arte sob o regime Nazi

"Os Anos Negros": A arte sob o regime Nazi
De  Euronews
Tamanho do texto Aa Aa

“Quartos Negros”, de Karl Hofer, lança o mote para uma exposição em Berlim que retrata a arte sob o regime Nazi e durante a Segunda Guerra Mundial. A mostra no museu Hamburger Bahnhof tem por título “Os Anos Negros” e apresenta 60 obras de artistas como Pablo Picasso ou Lyonel Feininger, um dos mestres da Bauhaus. Esta exposição apresenta quer criações que eram consideradas “degeneradas” pelos Nazis ou que tinham sido feitas em oposição ao regime de Hitler, quer obras de propaganda do III Reich.

“Veremos se é controversa, mas eu espero que gere debate – avança Dieter Scholz, o curador da exposição – Apresentamos estas obras numa exposição de arte mas com uma perspetiva histórica muito forte.”

Algumas das criações receberam a aprovação do regime e foram apresentadas como exemplos da “arte nacional-socialista”. Outras exprimiram a oposição dos criadores ao regime Nazi, como o “Grande Nu Deitado” que Picasso pintou dois anos depois da invasão de Paris pelas tropas alemãs.

“Não era a nossa intenção mas o título da exposição é agora um reflexo dos tempos que vivemos e que são negros – sublinha o diretor da Galeria Nacional de Berlim, Udo Kittelmann – São negros por razões políticas diferentes das ilustradas nesta mostra.”

O horror do III Reich também é ilustrado no final do percurso desta mostra. “Noite sobre a Alemanha” foi pintado por Horst Stemprel em 1945, quando a guerra se aproximava do fim e as imagens dos campos de extermínio já corriam o mundo. A exposição está patente ao público até ao final de julho do próximo ano.