Última hora

OMS anuncia fim de epidemia de Ébola no oeste africano

OMS anuncia fim de epidemia de Ébola no oeste africano
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

As ameaças persistem, mas a Organização Mundial de Saúde (OMS) anunciou oficialmente, esta quinta-feira, o fim da epidemia de Ébola na África Ocidental. A OMS refere que o período de transmissão da doença na Libéria, o último dos países com maior número de infetados, terminou.

A par da vizinha Serra Leoa, a Libéria foi fortemente castigada pela epidemia, iniciada em dezembro de 2013 na Guiné-Conacri.

A Comissão Europeia recebeu a notícia com agrado e anunciou que irá manter a ajuda para reforçar os sistemas de saúde nos países afetados.

“Neste momento estamos a desenvolver um corpo médico europeu juntamente com os Estados-membros. Estamos a mobilizar pessoal e equipamento médico para uma resposta conjunta no terreno”, sublinhou Christos Stylianides, o comissário responsável pela Ajuda Humanitária e Gestão de Crises.

O diretor da Organização Mundial de Saúde para a epidemia do Ébola, Peter Graaff, diz que a “mobilização” continua a ser palavra de ordem. O risco mantém-se, atendendo ao facto de que o vírus permanece em certos líquidos corporais de sobreviventes.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.