Última hora

Última hora

Moscovici defende criação de lista europeia de jurisdições não cooperantes em matéria fiscal

Em leitura:

Moscovici defende criação de lista europeia de jurisdições não cooperantes em matéria fiscal

Moscovici defende criação de lista europeia de jurisdições não cooperantes em matéria fiscal
Tamanho do texto Aa Aa

O debate relacionado com o escândalo dos chamados documentos do Panamá (Panama Papers) prossegue à medida que se desvendam novos factos. O Comissário Europeu com a pasta dos Assuntos Económicos e Financeiros, Fiscalidade e Alfândegas, Pierre Moscovici diz-se impressionado com as revelações e sublinha que é preciso mão de ferro: “Estou chocado com os números em causa, com as jurisdições em causa e com as personalidades em causa. Penso que o que se passou é bastante importante para nós, para aqueles que pensam há algum tempo que basta.”

Em dia de apresentação de um plano para tornar o IVA mais simples na União Europeia, Moscovici defendeu também a criação de uma lista pan-europeia de jurisdições não cooperantes em matéria fiscal no prazo de seis meses e a imposição de sanções.

“Quando um país está nesse tipo de lista sabe que é alvo de todas as atenções. Que os meios de comunicação social estão atentos, que as investigações começam. A primeiro preocupação desse país será abandonar a lista”, acrescentou Moscovici.

O escândalo relacionado com os “Panama Papers” será tema de conversa durante o encontro informal dos ministros da Economia e Finanças da União Europeia a 22 de abril, em Amesterdão.