Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Theresa May dá impulso à libra mas os sinais de tempestade mantém-se no horizonte

Theresa May dá impulso à libra mas os sinais de tempestade mantém-se no horizonte
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A nomeação de Theresa May como sucessora interina de David Cameron à frente do governo do reino de Sua Majestade está a ter um impacto positivo na moeda britânica.

Depois da desvalorização das últimas semanas provocada pelo “Brexit” e pela incerteza política consequente, a libra esterlina voltou esta quarta-feira de manhã a dar sinais positivos, impulsionada pela anunciada entrega da chave do número 10 de Downing Street a Theresa May, a segunda mulher a liderar o governo britânico depois da “dama de ferro”, Margaret Thatcher.

A meio do dia, entretanto, a flutuação da libra estabilizou em torno dos 1,32 dólares e dos 1,20 euros. Alguns analistas económicos avisam ainda assim que a tempestade ainda não passou para a moeda britânica. À confiança gerada pela descoberta de um novo líder pelo governo, vai seguir-se nova incerteza perante o rumo que o reino britânico vai tomar.

Irá a decisão de “Brexit” ser levada em frente? Irá a nova líder desviar-se da promessa de David Cameron, o anterior primeiro-ministro, de cumprir o resultado do referendo sabendo-se que o mesmo não é vinculativo? A União Europeia, entretanto, continua a tentar seguir o seu caminho e readaptar-se a uma nova realidade sem a contribuição de Londres.