EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

'Jungle Marathon': Testar os limites a correr 254 km na Amazónia

'Jungle Marathon': Testar os limites a correr 254 km na Amazónia
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

No quadro masculino, o triunfo foi para o australiano Andy Turner. Nas senhoras, a mais forte foi a brasileira Isadora Soares.

PUBLICIDADE

No Brasil, houve muitos sorrisos e um ambiente de festa à partida para uma das provas desportivas mais duras do mundo, a ‘Jungle Marathon’, na Amazónia, a maior floresta do planeta.

Os mais de quarenta ultramaratonistas inscritos tiveram pela frente 254 km divididos por seis etapas.

Temperaturas acima dos 40 graus, humidade por vezes de 99%, pântanos, cursos de água e as surpresas que trilhos pouco habituados à presença humana sempre trazem, testaram até ao limite as capacidades físicas e mentais dos atletas.

31 participantes conseguiram completar o desafio, mas um ar de esforço e de cansaço substituiu o sorriso no rosto dos que chegaram à meta. No quadro masculino, o triunfo foi para o australiano Andy Turner. Nas senhoras, a mais forte foi a brasileira Isadora Soares. A ‘Jungle Marathon’ regressa em 2017.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Kelvin Kiptum vence a Maratona de Chicago e conquista recorde mundial

Campeã olímpica Caster Semenya ganha recurso contra testosterona no atletismo

Kipchoge tira 30 segundos ao recorde da maratona