Última hora

Deutsche Bank afunda na bolsa na véspera do aumento de capital

Deutsche Bank afunda na bolsa na véspera do aumento de capital
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Deutsche Bank afunda na bolsa na véspera da operação de aumento de capital.

A partir desta terça-feira, e até 6 de abril, o maior banco alemão procura obter oito mil milhões de euros. Para tal serão emitidas 687,5 milhões de novas ações, a um preço de 11,65 euros, isto é com desconto de 35% face ao valor de sexta-feira.

O número de ações emitidas corresponde a metade do capital.

Este é o quarto aumento de capital do banco desde 2010.

O analista Robert Halver adianta: “Um aumento de capital num contexto de perdas não é agradável e não ajuda. O Deutsche Bank tem de angariar dinheiro para fazer face aos problemas. Tem de melhorar a situação. É sempre importante, mesmo para o Deutsche Bank, que é grande. Tem de olhar para o futuro e tornar-se funcional. Por isso, acolho com agrado este aumento de capital. Tinha de ser feito”.

A meio da sessão, esta segunda-feira, os títulos do banco recuavam mais de quatro por cento. Os investidores mostram-se céticos com o aumento de capital, com as perspetivas financeiras para 2017 e com o ritmo da reestruturação.

No ano passado, o Deutsche Bank registou prejuízos de 1,4 mil milhões de euros. Uma melhoria face às perdas de 6,8 mil milhões de euros em 2015. Para este ano, o banco antecipa receitas estáveis.

Para lá do aumento de capital, o patrão John Cryan prevê reduzir os custos em 2 mil milhões de euros até 2018 e vender parte do capital da divisão Asset Management.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.