Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Petróleo oscilante e mercados em alta antes das eleições francesas

Petróleo oscilante e mercados em alta antes das eleições francesas
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os preços do petróleo estão oscilantes. Voltaram a subir até 2% na sexta-feira, depois de uma queda de quase 5% na quinta-feira passada. Uma consequência do anúncio da Arábia Saudita que garante que não vai aumentar a produção, pelo menos nos próximos seis meses. A OPEP (organização dos países exportadores de petróleo) chegou a um acordo tendo em vista um corte na produção que pretende reduzir a oferta nos mercados e revalorizar a matéria-prima.

As bolsas europeias fecharam em alta nesta sexta-feira. Paris e Milão ganham acima de 1%, impulsionadas pelas últimas sondagens em França que dão ao candidato centrista, Emmanuel Macron, a vantagem sobre a líder da extrema-direita, Marine Le Pen.

A bolsa lisboeta seguiu a tendência das congéneres europeias e encerra a subir 0,37%, penalizada pela Corticeira Amorim. O euro termina a semana em máximos de seis meses face ao dólar. Durante a sessão desta sexta-feira, a moeda única aproximou-se de um dólar e dez, o máximo desde novembro último, e os analistas estimam que supere essa fasquia em caso de vitória de Emmanuel Macron na segunda volta das presidenciais.