EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Transexuais vão afinal poder ingressar no serviço militar dos EUA

reuters
reuters
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Decisão judicial contraria a proibição que Donald Trump teria feito em Julho

PUBLICIDADE

A decisão foi de uma juíza federal, que respondeu ao pedido de um grupo de soldados transexuais que denunciava a proibição de Donald Trump como inconstitucional. O recurso foi apresentado pelo governo dos Estados Unidos, o qual foi negado pela justiça.

A decisão passa por cima da proibição que Donald trump teria feito em Agosto passado, decisão que partilhou através da rede social Twitter, em Julho.

    "Após uma consulta com os meus Generais e peritos militares, fiquem a saber que o Governo dos Estados Unidos não aceitará ou permitirá ..." (...) "... pessoas transexuais em qualquer serviço militar dos EUA. Os nossos militares devem-se concentrar numa vitória..." (...) "... não podem ser sobrecarregados com os tremendos custos e interrupções médicas que pessoas transexuais provocariam no exército. Obrigado.".

As palavras de Donald Trump levaram milhares de pessoas à rua, em protesto, palavras que foram agora ignoradas aos olhos da justiça.

Os ingressos no serviço militar para transexuais retomam em Janeiro de 2018.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Robert de Niro chama "palhaço" a Donald Trump à porta do tribunal

Biden apela à libertação de jornalistas no jantar dos correspondentes de imprensa

Mike Pence: "A maioria dos norte-americanos acredita no nosso papel de líderes do mundo livre"