Última hora

Última hora

"Breves de Bruxelas": voto sobre faixa de Gaza e julgamento de Nemmouche

Em leitura:

"Breves de Bruxelas": voto sobre faixa de Gaza e julgamento de Nemmouche

"Breves de Bruxelas": voto sobre faixa de Gaza e julgamento de Nemmouche
Tamanho do texto Aa Aa

Com mais de três dezenas de mortos e milhares de feridos no protesto “Marcha do Retorno”, iniciado a 30 de março, pelos palestinianos da Faixa de Gaza, o Parlamento Europeu pede moderação às partes envolvidas.

Com o voto favorável de dois terços dos eurodeputados (524 a favor, 30 contra e 92 abstenções), a resolução votada, quinta-feira, em Estrasburgo, critica a violência do exército israelita, mas também a instigação feita pelo movimento politico palestiniano Hamas.

Neste programa que passa em revista a atualidade europeia diária destacamos, ainda, que um tribunal belga decidiu que há suficientes indícios para levar a julgamento o jihadista francês Mehdi Nemmouche, principal suspeito do ataque terrorista no Museu Judaico de Bruxelas, a 24 de maio de 2014.

Quatro pessoas morreram no que foi visto como um sinal do aumento do antisemitismo na Bélgica, onde vivem 40 mil judeus, sobretudo nas cidades de Bruxelas e de Antuérpia.