A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Um milhão a dançar pela tolerância em Zurique

Mais de um milhão voltaram a dançar este ano na "street parade" de Zurique
Mais de um milhão voltaram a dançar este ano na "street parade" de Zurique -
Direitos de autor
REUTERS/Arnd Wiegmann
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Decorreu este fim de semana na Suíça mais uma edição do "Street Parade", um desfile de amantes de música de dança, sobretudo "house" e "techno", e que se concentraram em Zurique sob o lema da "cultura da tolerância" nesta 27.ª edição do evento helvético.

Mais de um milhão de pessoas concentraarm-se junto nas margens do lago de Zurique, a maior cidade helvética, e dançaram ao som da música proveniente de seis palcos fixos e vinte palcos móveis.

A representar Portugal nesta edição da "Street Parade" de Zurique esteve a organização do Festival BPM ("bartenders", "promotores" e "músicos"), um evento de quatro dias marcado para 20-24 de setembro, em Portimão, no Algarve.

A equipa do Festival BPM aproveitou esta festa suíça para promover o evento português e logo no camião de abertura do desfile ao som dos DJ's Dubfire e Nicole Moudaber.

A primeira edição da "Street Parade" decorreu em Zurique a 05 de setembro de 1992, resultando de um sonho do então estudante de matemtica Marek Krynski, inspirado pela "Love Parade", de Berlim, na Alemanha.

Há 26 anos, o desfile de música de dança reuniu cerca de 1000 pessoas e revelou-se um sucesso apesar da descrença de que as pessoas aderirem-se a vir para a rua em pleno dia dançar ao som de música eletrónica.

Com alguns obstáculos e cepticismo das autoridades pelo caminho, a "Street Parade" continuou a crescer em Zurique e em 2001 atingiu pela primeira vez a cifra de um milhão de participantes.

Hoje em dia conta com o apoio da autarquia e das autoridades locais. Só este fim de semana estavam marcados na cidade mais de 100 festas paralelas ao desfile.

Todos os artistas participam no evento de forma gratuita, garante a organização, que não tem fins lucrativos com esta festa de verão.

O dia seguinte deixa sempre um rasto de lixo por Zurique, mas a organização da "Street Parade" quem assume os gastos pela limpeza da cidade.