Última hora

Última hora

Voto de confiança dá luz verde ao orçamento italiano

Voto de confiança dá luz verde ao orçamento italiano
Tamanho do texto Aa Aa

O governo italiano ganhou o contrarrelógio para aprovar o orçamento para 2019 antes da data limite de 31 de dezembro ao passar um voto de confiança na Câmara dos Deputados este sábado. Uma medida que lhe permite dar luz verde ao documento sem que haja debate parlamentar e que o próprio primeiro-ministro, Giuseppe Conte, admitiu que não era a ideal, mas que era inevitável.

A falta de debate motivou protestos entre a oposição, que acusa o governo de ter cedido às imposições de Bruxelas. A Forza Italia vestiu mesmo coletes azuis contra o aumento dos impostos e os cortes nas pensões. À porta do Parlamento, o Partido Democratico também fez ouvir a sua voz contra o documento.

O novo orçamento prevê um défice de 2,04% do PIB, longe do exigido pela União Europeia mas igualmente longe dos 2,4% que constavam na proposta inicial do executivo italiano. Caso não fosse aprovado até ao fim do ano, Itália passaria a funcionar com um governo de gestão.