Última hora

Última hora

Brexit leva mais empresas a deixar o Reino Unido

Brexit leva mais empresas a deixar o Reino Unido
Tamanho do texto Aa Aa

O Brexit está a ter um impacto maior que o esperado na economia britânica. Um grande número de empresas está a deixar o Reino Unido, um êxodo que não se limita aos grandes grupos, mas atinge também empresas mais pequenas. Segundo um estudo que o Instituto dos Diretores publicou agora, com base num inquérito feito a 1200 membros, 16 por cento das empresas, sobretudo grandes empresas, já deixaram, estão em vias de deixar ou têm marcada uma data para deixarem o território britânico para se fixarem na Europa Continental. Outros 13% não têm planos específicos, mas estão a considerar essa hipótese. Há ainda 6% que vão mudar, mas não por culpa do Brexit. A maior parte, 62%, não tem, para já, planos de mudança.

Entre as empresas estrangeiras que mudaram a sede europeia da Grã-Bretanha para o Continente estão as japonesas Sony e Panasonic.

Carolyn Fairbairn, presidente da Confederação da Indústria Britânica, principal organização patronal do Reino Unido, juntou-se às vozes que lançam o alarme e diz que as empresas estão a acelerar os planos para enfrentar um Brexit sem acordo.