A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

UBS multado em 3,7 mil milhões por fraude fiscal

UBS multado em 3,7 mil milhões por fraude fiscal
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A justiça francesa condenou, esta quarta-feira, o grupo bancário suíço UBS a pagar uma multa de 3 mil e 700 milhões de euros, a mais pesada coima alguma vez aplicada em França por evasão fiscal.

A instituição foi considerada culpada de "comportamento bancário ilegal" e "branqueamento agravado de fraude fiscal".

Os advogados do maior banco privado do mundo anunciaram, de imediato, a intenção de recorrer.

O tribunal de Paris condenou, ainda, a filial francesa do grupo UBS por cumplicidade a pagar uma multa de 15 milhões de euros.

A justiça ordenou, ainda, que a filial parisiense e três dos seus antigos executivos paguem 800 mil euros por juros e danos morais ao Estado francês.

O grupo UBS foi acusado de ajudar milhares de franceses a ludibriar o sistema tributário do país, deixando de pagar os impostos devidos em França, entre os anos de 2004 e 2012.

O julgamento francês ocorre após um caso semelhante nos Estados Unidos da América, onde o UBS aceitou um acordo de 780 milhões de dólares (cerca de 690 milhões de euros), em 2009, e na Alemanha, onde concordou com uma multa de 300 milhões de euros em 2014.