A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Boeing deixa Norwegian em dificuldades

Boeing deixa Norwegian em dificuldades
Direitos de autor
REUTERS/Marcos Brindicci/File Photo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Longe dos altos voos que a projetaram como a terceira maior companhia low cost da Europa, a seguir à Ryanair e à Easyjet, a Norwegian apresenta sérias dificuldades financeiras.

Para já, a transportadora aérea norueguesa pediu aos seus credores uma extensão de prazos para reembolsar dívidas que ascendem aos 350 milhões de euros.

Um fator agravante é ter de manter em terra, até ao final do ano, os 18 aviões Boeing 737 MAX que possui, comprometendo a atarefada época de Natal.

Vários Boeing 737 MAX parados em Seattle

Recorde-se que este modelo está a ser investigado após dois acidentes mortais. Vários organismos afirmam que a Boeing tem tardado em divulgar a alteração de dispositivos de segurança.

Os acidentes na Indonésia e na Etiópia fizeram mais de 360 mortos. Outras companhias anunciam perdas avultadas. A American Airlines estima o cancelamento de 140 voos por dia em dezembro.

A reunião dos detentores de títulos da Norwegian tem lugar no dia 16 de setembro.