Última hora

Incubadora de empresas holandesas ajuda a criar plástico sustentável

Incubadora de empresas holandesas ajuda a criar plástico sustentável
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Lançada por duas universidades holandesas, a incubadora de empresas GreenPAC iLab reúne, no mesmo local, o mundo da ciência e o dos negócios.

O objetivo da incubadora de start-ups holandesa é desenvolver a próxima geração de plásticos sem petróleo, de modo a promover uma economia circular e sustentável. Até agora, a incubadora ajudou dezenas de start-ups. "A nossa particularidade é o facto de sermos uma comunidade de orientadores e empresários que se ajudam e trocam conhecimentos para desenvolverem os respetivos negócios. Temos atualmente vinte start-ups ativas, sessenta empregos. Estamos orgulhosos por ajudá-las a entrarem no mercado e a obterem financiamento", afirmou Bastian Coes, responsável pela área de desenvolvimento de negócios da incubadora holandesa. "Já orientámos 45 empresas na área da indústria dos polímeros sustentáveis. Queremos continuar a fazê-lo e a introduzir no mercado novos empreendedores que têm um efeito positivo para a economia e para o ambiente", acrescentou o responsável.

Da ideia de base à fase de financiamento

A euronews falou com Olaf Vermeulen, um estudante de 23 anos que criou a sua própria empresa de plásticos biodegradáveis a partir das borras de café. "A ajuda que recebi foi muito importante para o lançamento e o crescimento do projeto e para o desenvolvimento dos materiais, para podermos passar de uma capacidade de produção de dez a cem toneladas por semana, no próximo ano", explicou o diretor da OV Designs. "Se a pessoa tiver uma grande ideia, por exemplo, para a produção de um polímero sustentável , pode vir ter connosco, podemos conversar e ficaremos felizes por ajudá-la a juntar-se à nossa comunidade", disse Bastian Coes.

O prémio European Enterprise Promotion

A incubadora GreenPAC iLab venceu este ano o prémio European Enterprise Promotion. Desde 2006, o galardão atribuído pela Comissão europeia já recompensou mais de quatro mil projetos, incluindo empresas portuguesas.

Três perguntas sobre o GreenPAC iLab

euronews: O que é o GreenPAC iLab?

Bastian Coes, responsável pela área de desenvolvimento de negócios da incubadora de empresas GreenPAC iLab: "É uma comunidade e uma incubadora de startups que ajuda empresas desde a fase de desenvolvimento da ideia de base até à fase de lançamento da empresa. Damos formação na área do empreendedorismo e transmitimos conhecimentos técnicos, para que as empresas possam acelerar a sua progressão e o seu desenvolvimento, para poderem criar uma empresa real. Trabalhamos na área dos polímeros e plásticos sustentáveis ​​e outras indústrias similares. Somos um local muito interessante para as startups"

euronews: O que é esta incubadora oferece de novo em relação à oferta tradicional do setor?

Bastian Coes: "Muitos empreendedores começaram por conta própria. Existem grandes lacunas ao nível dos conhecimentos. Por exemplo, quando se fabrica um polímero ou moldes qualquer que seja o material, é preciso ter um bom conhecimento sobre esse material. Nós damos ênfase à parte técnica e à viabilidade da ideia da empresa. Por isso temos formadores com conhecimentos específicos sobre, por exemplo, moldagem ou design de materiais. É esse o valor acrescentado. Isso é muito interessante para as startups que desejam fabricar produtos a partir de plásticos"

euronews: Um jovem empreendedor precisa de estar na Holanda para fazer parte da incubadora?

Bastian Coes: "Os empreendores podem vir de qualquer lugar da Europa ou do mundo. Se quiser vir para Zwolle e juntar-se à nossa comunidade, é muito bem-vindo."

Informações úteis

  • O prémio European Enterprise Promotion (EEPA) recompensa organizações ou projetos na Europa que promovem o empreendedorismo e as pequenas empresas, a nível nacional, regional e local.
  • Desde 2006, mais de 4260 projetos foram premiados, o que permitiu apoiar a criação de milhares de novas empresas.
  • Muitas pequenas empresas da UE lutam para entrar em novos mercados. Apenas 25% das PME da UE exportam produtos ou serviços e apenas uma pequena percentagem exporta para fora da UE.
  • As categorias prémio European Enterprise Promotion visam áreas-chave para o desenvolvimento de PMEs, incluindo investimento em habilidades empresariais, apoio à internacionalização de negócios e apoio ao desenvolvimento de mercados verdes e eficiência de recursos.

Ligações Úteis

Prémios Europeus de Promoção Empresarial

Os apoios da UE às PME

GreenPAC iLab

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.