Última hora
This content is not available in your region

Erdoğan confirma cimeira a quatro para resolver crise síria

euronews_icons_loading
Erdoğan confirma cimeira a quatro para resolver crise síria
Direitos de autor  euronews
Tamanho do texto Aa Aa

É urgente colocar um ponto final na crise humanitária na Síria. A posição é unânime entre as forças políticas que atuam na região e depois de um longo impasse, há finalmente esperança no diálogo. França e Alemanha sugeriram uma cimeira a quatro para procurar uma solução definitiva para o conflito.

A sugestão foi aceite pelo presidente turco, Recep Tayyip Erdoğan, que confirmou que o encontro onde estará ainda presente uma delegação russa, terá lugar no dia 5 de março.

A Turquia tinha vindo a reforçar a presença militar na região de Idlib depois do número de militares turcos mortos pelas forças sírias ter aumentado uma vez mais esta semana. A cimeira vai ao encontro das pretensões da ONU, que reitera que a paz não será alcançada com mais guerra.

A última ofensiva síria em Idlib já levou à fuga de praticamente um milhão de civis desde o dia um de dezembro, naquele que é já o maior movimento migratório desde o início de um conflito que dura há demasiado tempo e continua sem fim à vista.