Última hora
This content is not available in your region

"Dark Waters- Verdade Envenenada" com impacto global

euronews_icons_loading
"Dark Waters- Verdade Envenenada" com impacto global
Direitos de autor  .
Tamanho do texto Aa Aa

Depois da estreia em Portugal em janeiro, "Dark Waters - Verdade Envenenada" chega agora às salas de cinema do resto do continente.

O filme, realizado pelo norte-americano Todd Haynes, conta a história verdadeira de um advogado, Robert Billot, que leva a tribunal uma das maiores empresas de produtos químicos do mundo, a DuPont, que teria despejado substâncias tóxicas em vários cursos de água potável na Pensilvânia.

No início de fevereiro o filme foi exibido no Parlamento Europeu em Bruxelas.

Os mesmos químicos continuam a ser despejados em muitos locais na Europa. Foi por isso que "Dark Waters - Verdade Envenenada" foi apresentado no parlamento europeu em Bruxelas. Igualmente presente esteve Robert Billot, o advogado que serviu de inspiração ao filme.

"É uma história que nos afeta a todos, e todos na Europa também. Estes químicos estão dentro de todos nós, no nosso sangue, há crianças que nascem com estes químicos. É uma história que vai para além do que acontece nas quintas da Virginia. Afeta todos... os químicos foram detetados na água potável e também no nosso sangue por todo o mundo", afirma Billot.

Estes químicos podem afetar o crescimento do cérebro, provocar cancro e defeitos de nascimento em crianças.

Um escândalo ambiental e de saúde que o realizador transformou numa história de suspense.

"Quando se entra na narrativa da história sentimos o que o advogado sentiu e os passos que deu para revelar a história, enfrentando os perigos e intimidação que uma pessoa sente ao enfrentar uma empresa grande e muito protegida como é o caso da Dupont. Coloca o espetador dentro dessa experiência", diz o realizador Todd Haynes.