EventsEventos
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Escândalos em Hollywood condicionam Cannes

Escândalos em Hollywood condicionam Cannes
Direitos de autor 
De  Nara Madeira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

As polémicas e escândalos em Hollywood levaram os organizadores do Festival de Cannes a optar por outra estratégia, deixando de fora a maioria dos filmes dos EUA.

PUBLICIDADE

Os escândalos, que invadiram a indústria cinematográfica dos EUA, Hollywood no centro, acabaram por ter alguma influência no Festival de Cinema de Cannes que, este ano, se virou mais para outras paragens: 

"A indústria cinematográfica está num verdadeiro ponto de transição, e isso sentiu-se em Cannes. Há um novo tipo de nervosismo em Hollywood, as campanhas do Metoo e Times Up são questões que passaram para os filmes e que estão presentes de várias maneiras. A competição, em termos de filmes de Hollywood, americanos, foi muito leve, apenas um filme foi apresentado o "Solo: A Star Wars Story". Portanto acabou por ser uma vitrina para realizadores, para o cinema de todo o mundo que talvez, normalmente, não tivesse tanta expressão em Cannes, como este ano. Como resultado, tivemos uma competição incrivelmente diversa, com preponderância, para os realizadores asiáticos", explica o crítico de cinema do Telegraph, Robbie Collin.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"Dark Waters- Verdade Envenenada" com impacto global

"Mowgli" estreia em outubro

Wim Wenders recebe Prémio Lumière 2023: "O cinema vai sobreviver"