Última hora
This content is not available in your region

Economia mundial vai contrair 3% em 2020

euronews_icons_loading
Economia mundial vai contrair 3% em 2020
Direitos de autor  AP
Tamanho do texto Aa Aa

A economia mundial está a caminho de sofrer, este ano, a pior contração em quase um século, devido à pandemia de coronavírus.

Segundo o Fundo Monetário Internacional, o planeta deverá assistir a uma queda de 3% na economia global. No entanto, a recuperação poderá ser de 5,8% no próximo ano, se a epidemia se desvanecer na segunda metade de 2020.

É um choque sem precedentes. Assistimos à paragem de setores importantes da economia. Com a reabertura dos setores, começa-se de uma base muito baixa, mas a atividade económica regressa gradualmente.
Gian Maria Milesi-Ferretti
vice-diretor do departamento de pesquisa do FMI

Apesar de muitos países terem avançados com medidas de proteção do mercado de trabalho, o desemprego vai subir fortemente no planeta.

É por isso que é essencial que os governos tomem medidas draconianas para evitar a bancarrota das empresas, para evitar que os trabalhadores percam os salários. É também um enorme investimento a fazer para preparar o relançamento da economia.
Gian Maria Milesi-Ferretti
vice-diretor do departamento de pesquisa do FMI

A economia será particularmente afetada na Zona Euro, que deverá assistir a uma contração de 7,5% em 2020.

A razão para essa queda tão grande, quando comparada com outros países, é simplesmente o fardo particularmente pesado da epidemia até ao momento na Europa, em relação a outras partes do mundo.
Gian Maria Milesi-Ferretti
vice-diretor do departamento de pesquisa do FMI

Se as medidas de confinamento forem alargadas à segunda metade do ano e se registar uma nova vaga da epidemia, ainda que mais moderada, em 2021, o impacto na economia global duplicará, segundo o FMI.