Última hora
This content is not available in your region

Bulgária é uma referência em assistência robótica na medicina

Access to the comments Comentários
De  Aurora Velez
euronews_icons_loading
Bulgária é uma referência em assistência robótica na medicina
Direitos de autor  euronews
Tamanho do texto Aa Aa

Na costa do Mar Negro, Varna e seu Hospital Universitário Sainte Marina estão no centro de um projeto europeu de medicina personalizada. Este hospital universitário búlgaro com 1300 camas vai modernizar as infra-estruturas para se tornar um centro de competências e investigação de alta tecnologia dentro de 5 anos. A metamorfose já começou com a chegada de robôs de assistência cirúrgica, em dezembro de 2019. É uma mudança revolucionária para os cirurgiões - com o robô podem operar sem contato direto com os pacientes.

A sensação de operar com um robô é diferente das sensações vividas até agora na cirurgia aberta e laparoscópica. Na verdade, o meu sentimento pessoal é que posso mergulhar no corpo do paciente, encontrar-me no corpo do paciente. Nunca tinha tido essa sensação até agora. É muito comovente.
NIKOLA KOLEV
Coordenador do projeto

O orçamento total do projeto é de pouco mais de 12 milhões de euros (12.115.345), 85% da parte da Política de Coesão da União Europeia e 15% da parte de fundos nacionais da Bulgária. Para além dos médicos, os pacientes também saem beneficiados com o projeto.

O projeto também é baseado em 3D, telemedicina e transferência de novos conhecimentos e capacidades aos cirurgiões. A formação em cirurgia assistida por robô em Varna vai continuar durante 5 anos.

Tivemos a oportunidade de fazer cursos de formação nos principais centros da Europa. Há um em Estrasburgo, em França, outro na Alemanha, em Berlim, no Hospital Charité. Tivemos a oportunidade de realizar inúmeras operações na cavidade abdominal.
BORIS ANDONOV
Cirurgião

O Centro de Competências do Hospital Universitário de Varna pretende tornar-se numa referência do género em toda a Bulgária.