Última hora
This content is not available in your region

Petição para travar morte acidental de golfinhos na UE

Access to the comments Comentários
De  Isabel Marques da Silva  & Gregoire Lory
euronews_icons_loading
Petição para travar morte acidental de golfinhos na UE
Direitos de autor  Chris O'Meara/AP2011
Tamanho do texto Aa Aa

Os golfinhos são algumas das vítimas não intencionais da pesca legal em águas europeias. Cerca de trinta organizações não-governamentais organizaram uma petição para pedir à Comissão Europeia que ajude a travar estas mortes acidentais.

O Fundo Mundial da Natureza estima que entre oito mil e dez mi golfinhos morrem, anualmente, apanhados nas redes de pesca. Instalar câmeras de vídeo a bordo dos navios poderia ajudar a monitorização.

“A instalação de câmaras permitiria, em primeiro lugar, analisar o quadro de acidentes em termos do número de capturas acidentais e ajudaria a determinar as zonas de pesca em causa. Isso permitiria encontrar soluções em diálogo com os pescadores, porque a situação não é ideal para ninguém. Com estas câmaras seriam obtidos mais dados sobre as espécies e ambientes marinhos que estão em risco", explicou Antonia Leroy, assessora política no Fundo Mundial da Natureza-Europa, em entrevista à euronews.

Pescadores sugerem mais observadores a bordo

Os pescadores estão divididos sobre o uso das câmaras para monitorizar as chamadas capturas acessórias destes mamíferos marinhos. Uma associação europeia de pescadores (Europescas) defende que seja de aplicação voluntária.

“É uma coisa muito complicada colocar câmaras em todas as embarcações, são talvez milhares de embarcações, o que dá uma dimensão do problema. Existem maneiras mais fáceis de fazer a monitorização, usando observadores a bordo. Isso já existe e poderia ser incrementado. Penso que colocar câmaras a bordo para evitar a captura acidental de golfinhos é um pouco estranho”, afirmou Gerarld van Balsfoort, vice-presidente da Europescas.

O sistema de câmaras já está a ser usado na Austrália, Canadá e EUA e poderia ter um papel pedagógico na proteção do ecossistema marinho.