Última hora
This content is not available in your region

Mundo da música recorda lenda do jazz Chick Corea

euronews_icons_loading
Mundo da música recorda lenda do jazz Chick Corea
Direitos de autor  AP Photo
De  euronews
Tamanho do texto Aa Aa

O mundo da música recordou a lenda do jazz Chick Corea falecido na terça-feira, dia 9 de fevereiro, vítima de uma forma rara de cancro.

Chick Corea tinha 79 anos de idade.

O cantor e compositor britânico Cat Stevens foi um dos primeiros a reagir afirmando que Chick Corea foi um dos músicos mais inovadores e inspirados com quem alguma vez trabalhou.

Reação idêntica do guitarrista de jazz britânico John McLaughlin assim como da cantora de jazz norte-americana Dee Dee Bridgewater.

Ao longo da sua carreira de várias décadas Chick Corea recebeu 23 prémios Grammy e trabalhou com outros músicos lendários do jazz como Miles David e Herbie Hancock.

"Concordo em como deve haver mais arte e cultura mas a criatividade reside dentro de nós, cada indivíduo é dono dela e cabe a cada um desenvolve-la de forma a criar algo. As coisas não acontecem com leis e burocracia. As coisas acontecem quando os indivíduos as fazem, é isso que penso", afirmou Chick Corea em 2014 durante uma passagem por Budapeste.

Na sua página na rede social Facebook, Chick Corea deixou uma derradeira mensagem aos muitos admiradores que acompanharam a sua carreira e ajudaram a manter a chama da música bem acesa.