This content is not available in your region

Mundiais de boxe da AIBA em Belgrado

De  Euronews
euronews_icons_loading
Mundiais de boxe da AIBA em Belgrado
Direitos de autor  euronews

O Campeonato Mundial de Boxe Masculino da Associação Internacional de Boxe (AIBA) regressou a Belgrado pela primeira vez desde 1978, com uma Cerimónia de Abertura que mostrou a convergência da rica história do boxe com a modernização do desporto sob uma nova liderança.

Durante o evento, o público foi levado através de uma viagem pela história da modalidade e ficou cara-a-cara com o Troféu Val Barker, uma das mais emblemáticas distinções do boxe, apresentado pelo vice-presidente da federação de boxe do Cazaquistão, Bakhtiyar Artayev.

Quando o Presidente da AIBA Umar Kremlev subiu ao palco para levantar o troféu, estava dado o mote para duas semanas de ação, que contam este ano com mais uma equipa: A Fair Chance Team foi criada para os atletas que se sentiram obrigados a abandonar os países de origem, muitas vezes devido a conflitos.

Pela primeira vez numa competição da AIBA, esta equipa caminhou ao lado dos países concorrentes como parte do desfile dos atletas. Mais de 500 atletas de mais de 88 países participam nesta competição, que decorre até 6 de novembro em Belgrado, uma cidade que o Presidente da AIBA foi rápido a elogiar: "Cada pugilista, treinador e seleção nacional treinou arduamente e preparou-se para vir aqui demonstrar a sua excelência", disse, antes de proclamar a abertura do campeonato.

Uma série de atuações artísticas, por parte da lenda do boxe Roy Jones Jr ou de Olga Buzova iluminou a noite na Štark Arena, pondo fim a esta noite memorável para o mundo do boxe.

Depois de anos marcados pela turbulência financeira e críticas às direções, a Associação Internacional de Boxe está determinada a limpar a imagem, quer do desporto, quer da instituição, de forma a provar que é uma organização aberta, justa e transparente, que serve de casa a todos os pugilistas.