Inundações no Afeganistão, Índia e Sudão deixam dezenas de mortos

As inundações no Afeganistão, Índia e Sudão deixaram várias vítimas mortais.
As inundações no Afeganistão, Índia e Sudão deixaram várias vítimas mortais. Direitos de autor Ashwini Bhatia/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved
Direitos de autor Ashwini Bhatia/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Há ainda registo de inúmeros danos materiais nos três países.

PUBLICIDADE

No Afeganistão, as fortes inundações, provocadas por chuvas sazonais, originaram a morte de pelo menos nove pessoas e arrasaram casas, destruíndo gado e terras agrícolas no leste do país, de acordo com as autoridades. Os habitantes locais confirmam e lamentam o sucedido.

"Trata-se de uma inundação sem precedentes na história de Khushi. Destruiu todos os animais, casas e terras agrícolas do povo. As pessoas estão sem abrigo e procuraram refúgio nas montanhas", disse Del Agha, habitante do distrito de Khushi.

Já no norte da India, pelo menos 40 pessoas morreram e várias estão desaparecidas na sequência de inundações repentinas, causadas por monções, que afetaram o país nos últimos três dias, de acordo com fontes oficiais. Há inclusivamente registo de pontes destruídas em várias cidades indianas.

Também no Sudão, as cheias já provocaram a morte de quase uma centena de pessoas desde junho. As Nações Unidas dão conta de perto de 136 mil sudaneses afetados pelas cheias. A estação chuvosa no Sudão começa geralmente em junho e prolonga-se até setembro. O pico das chuvas costuma ser observado entre agosto e setembro.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Colapso de ponte reaberta há dias faz mais de 130 mortos na Índia

Manifestações na Índia contra libertação de 11 violadores

Alemanha promete milhões em ajuda ao Sudão no aniversário da guerra