Inflação na Zona Euro recua pela primeira vez em 17 meses

Access to the comments Comentários
De  Euronews
AP
AP   -   Direitos de autor  Nam Y. Huh/Copyright 2022 The AP. All rights reserved.

A taxa de inflaxão anual da Zona Euro recuou em novembro pela primeira vez em 17 meses. Uma boa notícia em plena quadra natalícia, mas a descida é no entanto moderada.

A subir regularmente desde junho de 2021 até outubro deste ano, quando chegou aos 10,6%, a inflaxão registou em novembro uma pequena descida, para os 10%, segundo os dados preliminares publicados esta quinta-feira pelo Eurostat. 

A taxa nos países de moeda única mantém-se, assim, ainda nos dois dígitos, bastante longes dos 1,9% registados há um ano e meio, e não afasta para já os receios de uma recessão.

Empurrada desde o ano passado pelos preços da energia e da alimentação, bem como as dificuldades nos abastecimentos de matérias-primas ainda na sequência da pandemia de Covid-19, a situação agravou-se a partir da primavera com as perturbações nos mercados ligadas à invasão da Ucrânia.