A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Imolação é a nova forma de protesto na Bulgária

Imolação é a nova forma de protesto na Bulgária
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Bulgária é o país mais pobre da União Europeia. O salário médio mensal é inferior a quatrocentos euros. Nos últimos dois meses, dezenas de milhares de pessoas protestaram contra os baixos rendimentos. Sete pessoas imolaram-se. O Governo demitiu-se. Novas eleições estão marcadas para maio.

O repórter Hans von der Brelie entrevistou o antropólogo social Haralan Aleksandrov, professor na New Bulgarian University, em Sófia. Em destaque estiveram a crise política e social que está a afetar a Bulgária, as manifestações massivas deste ano e a série de auto imolações que chocaram o país. Para ouvir a entrevista, em inglês, use o seguinte link.

Bonus interview: Haralan Aleksandrov