A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Marraquexe acolhe 14ª edição do Festival Internacional do Filme

Marraquexe acolhe 14ª edição do Festival Internacional do Filme
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Chris Cummins, euronews:

“- Seja bem-vindo ao 14° Festival Internacional do Filme de Marraquexe. 87 fitas, vindas de 22 países, refletem a diversidade das emoções humanas. Para os filmes em competição, os temas são a verdade e a busca de sentido, alguns são bem-humorados e calorosos, outros são negros e perturbadores.”

O “Elefante Azul”, de Marwan Hamed, conta com a participação de Karim Abdel Aziz no papel de um psiquiatra que, ao regressar ao trabalho depois de uma longa pausa devido à morte da família, encontra um amigo na ala do hospital reservada aos criminosos com doenças mentais.

Karim Abdel Aziz, ator:

“- Estou muito contente com a seleção do “Elefante Azul” para a competição oficial do Festival de Marraquexe. É muito diferente de todos os papéis que desempenhei nos últimos 17 anos. É por isso que o fiz. Mudei o meu rosto e perdi dez quilos.”

O filme americano “Things People Do”, de Saar Klein, aborda os tempos de crise económica que se vivem nos últimos anos.

Saar Klein, realizador:

“O filme é acerca de um homem muito bom, um quadro de uma empresa, na América, que perde o emprego e entra em decadência, a fazer coisas que vão contra as suas crenças, uma vida de crime que se torna cada vez maior e é acerca da forma como lida com as suas decisões e como tenta proteger a família num mundo como o de hoje que é muito complicado.”

Chris Cummins, euronews:

“- É tradição neste festival homenagear quem tenha servido a indústria cinematográfica com distinção. Com mais de 100 filmes no currículo, o ator egípcio Adel Imam é um dos distinguidos.”

“- O ator britânico Jeremy Irons é outros dos homenageados.”

Jeremy Irons, ator:

“- Adoro uma boa caça às pechinchas. Esta manhã andei à procura de tapetes para o meu filho e a saborear o chá que adoro, o chá de menta, e a regatear com um homem que conhece bem os seus tapetes.”

Chris Cummins, euronews:

“Mas agora já tem um tapete vermelho!”

Jeremy Irons, ator:

“Um quê? Tapete vermelho? Sim, mas na verdade podia ser melhor, podia ser um bonito tapete berbere em vez desta coisa barata.”