EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Métodos de tortura da CIA são "repulsivos" diz Kwasniewski

Métodos de tortura da CIA são "repulsivos" diz Kwasniewski
Direitos de autor 
De  Euronews com ANSA/AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

ONU defende criminalização de responsáveis pelos programas de tortura da CIA após relatório do Senado dos EUA.

PUBLICIDADE

A CIA de novo no centro da polémica devido ao “programa de interrogatório reforçado” posto em prática após os ataques do 11 de setembro.

O ex-presidente polaco Aleksander Kwasniewski confirmou esta quarta-feira que enquanto esteve no governo concordou com um pedido de Washington para que os agentes de inteligência utilizassem instalações prisionais em solo polaco mas que nunca soube o que se passava no interior.

“Com certeza que não me encontrei com o chefe da CIA, o meu parceiro de diálogo era uma pessoa, talvez você conheça, George W.Bush. É claro que o assunto foi discutido no âmbito da colaboração entre os serviços de inteligência, mas os detalhes não foram discutidos. Estes métodos são repulsivos, não são justificáveis e não trazem nada de bom”.

Em reação ao relatório de um comité do Senado dos Estados Unidos, o líder supremo do Irão, aiatolá Ali Khamanei, disse num tweet que o “governo dos Estados Unidos é o símbolo da tirania contra a humanidade. ‘’

Também a Organização das Nações Unidas (ONU) e diversas entidades que lutam pelos direitos humanos pediram que os responsáveis pelos programas de tortura da CIA sejam responsabilizados criminalmente pelos atos de tortura.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Biden apoia o filho após condenação, mesmo sem indulto. "Estamos orgulhosos do homem que ele é hoje"

Biden chama nações "xenófobas" à Índia e Japão

EUA: estudantes universitários são presos por protestos pró-palestinos