Lukashenko visita Ucrânia e deixa promessas de apoio ao país vizinho

Lukashenko visita Ucrânia e deixa promessas de apoio ao país vizinho
De  Pedro Sacadura com Reuters, AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

De visita a Kiev e num sinal de distanciamento aparente em relação a Moscovo, o presidente da Bielorrússia deixou uma mensagem de apoio ao país

PUBLICIDADE

De visita a Kiev e num sinal de distanciamento aparente em relação a Moscovo, o presidente da Bielorrússia deixou uma mensagem de apoio ao país vizinho. Alexandr Lukashenko reuniu este domingo com o homólogo ucraniano, Petro Poroshenko, e disse estar disposto a fazer “todos os possíveis” para ajudar a Ucrânia a serenar o conflito instalado no leste.

A visita daquele que muitos consideram o último ditador do velho continente não passou despercebida pelos opositores que se manifestaram contra Lukashenko às portas do edifício onde se realizou o encontro.

As negociações de paz que envolvem o conflito mantêm-se estancadas. Enquanto isso, à região leste da Ucrânia chegou um comboio humanitário russo, o décimo, com 1400 toneladas de ajuda humanitária destinada a Donetsk e Lugansk.

A quadra apela a sentimentos nobres e por isso na bagagem seguiram também brinquedos e árvores de Natal para distribuir.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Três mortos em ataques russos a várias cidades ucranianas

Zelenskyy admite "situação extremamente difícil" na linha da frente

Ucrânia retira de Avdiivka depois de ter resistido durante 4 meses