Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Palestina torna-se membro do TPI

Palestina torna-se membro do TPI
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Tribunal Penal Internacional (TPI) vai, em breve, poder perseguir responsáveis israelitas pela guerra em Gaza.

A Palestina é agora membro do Tribunal Penal Internacional. O presidente da Autoridade Palestiniana, Mahmud Abbas, assinou 20 tratados internacionais, incluindo o Estatuto de Roma, o que faz com que a Palestina, mesmo não sendo reconhecida pela ONU como Estado Independente, seja agora membro do TPI, com sede em Haia.

A Autoridade Palestiniana falhou a proposta de resolução apresentada ao Conselho de Segurança das Nações Unidas, que previa um reconhecimento do Estado e um plano de paz com Israel em várias fases. A proposta teve apenas oito votos a favor. Os Estados unidos não precisaram sequer de utilizar o direito de veto.