Última hora
This content is not available in your region

Tsipras negoceia em Bruxelas utilização de fundos europeus

Access to the comments Comentários
De  Isabel Marques da Silva
Tsipras negoceia em Bruxelas utilização de fundos europeus
Tamanho do texto Aa Aa

A utilização de fundos europeus – nomeadamente do plano de investimento Juncker -, destinados ao crescimento económico e ao emprego, dominaram as reuniões do primeiro-ministro grego com os líderes das instituições europeias, esta sexta-feira, em Bruxelas.

Estamos num momento muito crítico, mas também estamos otimistas de que vamos corresponder às expetativas da sociedade grega e respeitar o mandato e o juramento que fizemos.

Alexis Tsipras prometeu criar para o efeito um grupo de trabalho que estará em diálogo direto com a Comissão Europeia (CE).

“Não estou satisfeito com a evolução das últimas semanas, não temos feito progressos suficientes. Mas estamos a tentar caminhar na direção certa, que nos conduza ao sucesso. Falhar não é uma opção”, disse o presidente da CE, Jean-Claude Juncker.

Durante a visita ao Parlamento Europeu, o primeiro-ministro falou com o eurodeputado grego que lidera a campanha para receber uma compensação financeira da Alemanha, devido aos danos causados durante a Segunda Guerra Mundial.

No local, Tsipras disse aos jornalistas que tem o apoio popular: “Estamos num momento muito crítico, mas também estamos otimistas de que vamos corresponder às expetativas da sociedade grega e respeitar o mandato e o juramento que fizemos. Hoje foi um dia bom!”

A compensação pedida à Alemanha daria para pagar metade da dívida grega, algo que o presidente do Eurogrupo considera inapropriado.

Numa entrevista a uma televisão holandesa, esta sexta-feira, Jeroen Dijsselblom disse que a Grécia faz da Alemanha vítima, na sua tentativa de alienar responsabilidades sobre os seus problemas.

A correspondente da euronews em Bruxelas, Efi Koutsokosta, acrescenta que “a visita de Alexis Tsipras decorreu numa atmosfera pesada devido à guerra de palavras entre Atenas e Berlim e às conversações técnicas sobre a lista de reformas a implementar por Atenas. O primeiro-ministro grego regressa a Bruxelas, na próxima semana, para a Cimeira União Europeia”.