Última hora

EUA: Bandeira da Confederação retirada da Carolina do Sul

EUA: Bandeira da Confederação retirada da Carolina do Sul
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A bandeira da Confederação foi, esta sexta-feira, retirada dos jardins do Capitólio da Carolina do Sul.

Para assistir ao ato, centenas de pessoas reuniram-se na esplanada do parlamento local, em Colúmbia, a capital deste Estado do sul dos Estados Unidos.

Hasteado durante cinco décadas no parlamento estatal, o estandarte era o emblema dos soldados dos Estados do Sul, durante a Guerra de Secessão, mas representa, também, para muitos americanos, um símbolo do racismo.

A decisão de retirar a bandeira foi provocada pelo tiroteio de Charleston, durante o qual nove pessoas afro-americanas foram mortas numa igreja da cidade.

O autor do tiroteio, Dylann Roof, tinha publicado fotografias com a bandeira da Confederação e justificado o gesto com o ódio dos negros – o que levou a uma onda de manifestações contra a polémica bandeira.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.