EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Rússia: Lago Baikal está muito "doente" devido a uma invasora alga verde

Rússia: Lago Baikal está muito "doente" devido a uma invasora alga verde
Direitos de autor 
De  Francisco Marques com Siberian Times
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O mais volumoso lago de água doce de mundo, o Baikal, na Rússia siberiana, está a ser ameaçado desde já há algum tempo pelo desenvolvimento e

PUBLICIDADE

O mais volumoso lago de água doce de mundo, o Baikal, na Rússia siberiana, está a ser ameaçado desde já há algum tempo pelo desenvolvimento e propagação de uma alga viscosa verde e com mau cheiro, do género espirogira.

Teme-se que esta alga possa vir a prejudicar o distinto ecossistema do Baikal, onde se crê habitarem mais de 1700 espécies de plantas e animais, incluindo uma espécie exclusiva, a foca baikal.

Siberia – Putrid green algae spreads across shores of Lake Baikal. siberian_times</a> <a href="http://t.co/QkshKBuP2k">http://t.co/QkshKBuP2k</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/water?src=hash">#water</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/pollution?src=hash">#pollution</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/ecosystem?src=hash">#ecosystem</a></p>&mdash; EnviroEdgeNews (EnviroEdgeNews) 24 maio 2015

Um cientista chegou a lançar a teoria de que estas algas se alimentavam e ganhavam força através da poluição deixada pelos muitos turistas que visitam o lago. Outros académicos garantem que se trata apenas de um fenómeno natural.

Oleg Timoshkin, do Instituto Limnológico siberiano, explica que nunca se tinha visto algo “em tal abundância”: “A Espirogira está já ocupar mais de 50 por cento das margens do lago Baikal. No ano passado, havia mais de 1500 toneladas de algas em putrefação. Infelizmente, posso dizer que o Baikal está doente. Gravemente, doente.”

O Baikal terá cerca de 25 milhões de anos, estende-se ao longo de 400 milhas pelo sudeste da Sibéria, a norte da fronteira com a Mongólia e estima-se que em certas zonas chegue a ter quase 1800 metros de profundidade. Os visitantes do lago, por fim, terão passado de 300 mil em 2009 para cerca de 1,3 milhões no último ano.

Rapid growth of spirogyra in the Lake Baikal may cause a serious threat to its ecology #greenhttp://t.co/fIveCbhkLC

— Green For You (@greenforyou) 21 julho 2015

This algae threatens #Earth’s largest fresh water basin http://t.co/mhFkBNIGQD#Spirogyra#Baikalpic.twitter.com/AAP6OuCIsy

— RT (@RT_com) 13 março 2015

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Putin substitui Shoigu porque quer Ministério da Defesa "aberto à inovação"

Putin substitui ministro da Defesa. Shoigu será secretário no Conselho de Segurança da Rússia

Putin reconduz Mishustin no cargo de primeiro-ministro da Rússia