Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Pequim e Zhangjiakou anfitriãs dos Jogos Olímpicos de inverno 2022

Pequim e Zhangjiakou anfitriãs dos Jogos Olímpicos de inverno 2022
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Pequim vai organizar os Jogos Olímpicos de inverno de 2022.

O anúncio foi feito em Kuala Lumpur pelo presidente do Comité Olímpico Internacional, Thomas Bach.

A capital chinesa será a primeira cidade a organizar os Jogos Olímpicos de verão e de inverno, após ter sido eleita pela maioria dos membros do COI.

“Nos 120 anos de história do olimpismo moderno, o nosso país, com mais de um quarto da população mundial, apenas acolheu uma edição. Para nós, tem um alto significado e importância receber os Jogos Olímpicos de inverno”, sublinhou Wang Anshun, presidente da Câmara da capital chinesa.

Pequim e Zhangjiakou, cidade situada a cerca de 150 quilómetros da capital chinesa, bateram a outra única candidata à organização dos Jogos, Almaty, no Cazaquistão.

“A nossa candidatura era perfeita. O nosso trabalho termina com a apresentação final. Não fomos nós que decidimos, foi uma decisão do Comité Olímpico Internacional. Isto é como uma competição, uns ganham, outros perdem”, disse Andrey Kryukov, porta-voz do comité de candidatura de Almaty.

Para o COI, o grande atrativo foi a possibilidade de levar as competições de inverno a um país com um público potencial de 300 milhões de pessoas.

Pequim receberá as provas sobre gelo, enquanto as disputadas na neve decorrerão em Zhangjiakou.
Comboios de alta velocidade percorrerão a distância entre as duas cidades em menos de uma hora.