EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Pequim e Zhangjiakou anfitriãs dos Jogos Olímpicos de inverno 2022

Pequim e Zhangjiakou anfitriãs dos Jogos Olímpicos de inverno 2022
Direitos de autor 
De  Fernando Peneda com LUSA/EFE
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Pequim vai organizar os Jogos Olímpicos de inverno de 2022. O anúncio foi feito em Kuala Lumpur pelo presidente do Comité Olímpico Internacional

PUBLICIDADE

Pequim vai organizar os Jogos Olímpicos de inverno de 2022.

O anúncio foi feito em Kuala Lumpur pelo presidente do Comité Olímpico Internacional, Thomas Bach.

A capital chinesa será a primeira cidade a organizar os Jogos Olímpicos de verão e de inverno, após ter sido eleita pela maioria dos membros do COI.

“Nos 120 anos de história do olimpismo moderno, o nosso país, com mais de um quarto da população mundial, apenas acolheu uma edição. Para nós, tem um alto significado e importância receber os Jogos Olímpicos de inverno”, sublinhou Wang Anshun, presidente da Câmara da capital chinesa.

Pequim e Zhangjiakou, cidade situada a cerca de 150 quilómetros da capital chinesa, bateram a outra única candidata à organização dos Jogos, Almaty, no Cazaquistão.

“A nossa candidatura era perfeita. O nosso trabalho termina com a apresentação final. Não fomos nós que decidimos, foi uma decisão do Comité Olímpico Internacional. Isto é como uma competição, uns ganham, outros perdem”, disse Andrey Kryukov, porta-voz do comité de candidatura de Almaty.

Para o COI, o grande atrativo foi a possibilidade de levar as competições de inverno a um país com um público potencial de 300 milhões de pessoas.

Pequim receberá as provas sobre gelo, enquanto as disputadas na neve decorrerão em Zhangjiakou.
Comboios de alta velocidade percorrerão a distância entre as duas cidades em menos de uma hora.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Comprar peças originais sem ir à falência: bem-vindos à feira de arte acessível de Hong Kong

Putin enaltece comércio bilateral no último dia da sua visita à China

Xi Jinping promete a Putin continuar a consolidar "amizade de boa vizinhança"