A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Acampamento de refugiados em parque de Bruxelas desmantelado

Acampamento de refugiados em parque de Bruxelas desmantelado
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Expressão visual da crise migratória, o acampamento de refugiados instalado no Parque Maximilien, próximo do centro de negócios Bruxelas, começou a ser desmantelado.

Mais de 180 refugiados já foram repartidos por cerca de 96 famílias de acolhimento. No terreno, a “Plataforma Cidadã”, pela voz de Elodie Francart, ressalva que o trabalho humanitário é para continuar: “A organização Médicos do Mundo terá um espaço para continuar a realizar consultas médicas. A Oxfam vai continuar a gerir os stocks de vestuário para distribuir roupas pelos refugiados. Haverá ainda a escola onde continuarão a realizar-se animações para crianças, mas também aulas de francês e neerlandês para os adultos.”

No local permanecerão apenas quatro tendas para prestar apoio aos refugiados que chegam durante a noite. O governo belga desdobra-se em esforços na procura de espaços e de benfeitores para abrigar mais pessoas.