A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Suspensão de voos para Sharm-el-Sheikh penaliza setor turístico

Suspensão de voos para Sharm-el-Sheikh penaliza setor turístico
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

As ações dos principais grupos de turismo estão em queda na bolsa de Londres, depois do Reino Unido ter suspendido todos os voos para a estância balnear egípcia de Sharm el Sheikh, com a Thomas Cook, maior grupo britânico do setor, a liderar as quedas.

A principal associação de agências de turismo estima que haja neste momento 9000 viajantes britânicos na estância, que vão ser repatriados.

As viagens para este destino foram suspensas depois da queda do Airbus da companhia russa Metrojet, que se suspeita possa ter tido origem terrorista.