Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Sebastian Coe interrogado pelo parlamento britânico

Sebastian Coe interrogado pelo parlamento britânico
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Sebastian Coe, foi ouvido, esta quarta-feira, numa audiência no parlamento britânico. Depois da televisão pública britânica ter noticiado que este poderá ter usado a sua influência na atribuição dos Mundiais de atletismo de 2021 a Eugene, nos EUA, local onde a Nike foi fundada, Coe abandonou o cargo de conselheiro da marca, mas desmentiu as acusações, e diz-se pronto para uma nova etapa:

“Fico feliz em admiti-lo aqui. Há muito poder investido em muito poucas pessoas dentro da organização? Sim, claramente e é esse, provavelmente, o caso dentro das estruturas tradicionais no mundo do desporto? Sim. Isso pode ser mudado? Tem de ser porque é preciso quebrar as barreiras, não podemos ter uma situação em que não se é capaz de se fazer, corretamente, um interrogatório e temos de garantir que os sistemas certos estão a ser implementados, conseguirei fazê-lo? Sim. Essas alterações podem ser feitas rapidamente? Sim, podem. Podemos voltar a confiar? Isso vai demorar muito mais tempo”, explicou Coe.

As acusações remontam ao tempo em que o atual presidente da Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF) ocupava ainda o cargo de vice-presidente o organismo.

Este é um momento difícil para o responsável da IAAF mas também para a modalidade com todos os escândalos de doping que têm vindo a lume e que puseram, por exemplo, a Rússia e os seus atletas em cheque.