Reino Unido: Tempestade Desmond deixa 2500 casas inundadas

Reino Unido: Tempestade Desmond deixa 2500 casas inundadas
Direitos de autor 
De  Dulce Dias com LUSA, REUTERS, AP, BBC, THE WASHINGTON POST, THE YORKSHIRE POST
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A intempérie fez uma segunda vítima mortal. Esta segunda-feira, 45.000 casas continuavam sem eletricidade

PUBLICIDADE

A tempestade Desmond fez uma segunda vítima mortal: um homem, cujo corpo foi resgatado das águas do rio Kent. No sábado, um outro homem falecera, depois de ter sido projetado contra um autocarro que estava em circulação.

Desde sábado que a tempestade Desmond assola o noroeste da Inglaterra e da Escócia. Em Cumbria e Lancashire cerca de 2500 casas ficaram inundadas e, esta segunda-feira, mais 45.000 continuavam sem eletricidade. Os hospitais em Lancaster e Carlisle estavam a funcionar graças a geradores.

O primeiro-ministro, David Cameron, que se deslocou à região, exige celeridade por parte das seguradoras: “As pessoas que tiveram de abandonar as casas têm de receber o dinheiro dos seguros rapidamente e ser realojadas. Os serviços de socorro foram fantásticos mas isso não serve de consolação a quem têm dias molhados pela frente e talvez nem possa estar em casa pelo Natal.”

Mas Cameron está sob uma chuva de críticas, relativamente às políticas de austeridades que levaram a cortes no sistema de proteção contra inundações, no Reino Unido.

Storm #Desmond has exposed one of #Cameron’s stupidest cuts https://t.co/FcH8dxjXVP

— Rashmi Singh (@AtumLite) 7 Décembre 2015

O primeiro-ministro prometeu, entretanto, rever os planos anti-inundações da Cumbria.

A região foi alvo de uma precipitação recorde, com 405 mm entre sábado e domingo, em certas zonas da Cumbria – o equivalente a um mês de chuva, nesta aérea.

Em Malham Cove, no Yorkshire, igualmente no norte de Inglaterra, as chuvas “acordaram” mesmo uma cascata, adormecida à séculos.

New pics: Storm #Desmond causes stunning waterfall at #Malham Cove for 1st time in centuries https://t.co/HAtsXGmOB8pic.twitter.com/j5NVVmL3cn

— The Yorkshire Post (@yorkshirepost) 7 Décembre 2015

Entretanto, um salvamento bem especial tem estado em destaque nas redes sociais: um burro que foi resgatado são e salvo às inundações, na Irlanda, graças a um grupo de voluntários.

This smiley donkey was stranded in #Desmond flooding, rescued by a good samaritan w/ a boat https://t.co/W8mOG6TzMVpic.twitter.com/2Tm31TZWzw

— Capital Weather Gang (@capitalweather) 7 Décembre 2015

(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)0; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = “//connect.facebook.net/fr_FR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.3”; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));> Never say something cant be done just do it. Declan and Mike were beyond brave. So many people told me don't do it…

Posté par Animal Heaven Animal Rescue sur�dimanche 6 décembre 2015

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Noruega alerta para deslizamentos de terra

Grã-Bretanha: Tempestade Desmond deixa rasto de destruição

Cozinhou, arrumou e até entregou refeições: príncipe William voltou aos compromissos públicos