Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Rugby: Saracens sagram-se campeões da Europa

Rugby: Saracens sagram-se campeões da Europa
Tamanho do texto Aa Aa

Depois da vitória do Montpellier contra os Harlequins, na Challenge Cup – que para o rugby é o mesmo que a Liga Europa para o futebol – o Parc Olympique Lyonnais recebeu, no sábado, a final da Taça dos Campeões – o equivalente à Liga dos campeões – também aqui um duelo entre França e Inglaterra”.

Os Saracens sagraram-se, pela primeira vez na sua história, campeões da Europa de rugby, um dos torneios de maior prestígio da modalidade. Uma vitória dos ingleses por 21 a 9 frente aos franceses do Racing 92, no Grand Stade de Lyon. Maro Itoje, foi o homem do jogo numa partida dominada, integralmente pelos britânicos.

Os ingleses alcançaram outro feito. Foram a primeira equipa a ganhar todos os jogos da Champions Cup. A vitória foi um prémio para a equipa que consegue finalmente, obter o prestigioso título depois de perder, em 2014, para o Toulon.

“Nós vencemo-los no scrum. O scrum, hoje, foi uma espécie de lotaria, mas acho que fomos bem fundo. Penso que a nossa defesa foi muito boa. Não demos muitas oportunidades para quebrarem a nossa linha. Além disso, os nossos chutos foram fenomenais. Colocámo-los sob pressão e, basicamente, isso acabou por dar frutos no final”, adiantou Maro Itoje.

Do lado dos gauleses, que competiam pela primeira vez numa final, Johan Goosen deu o tudo por tudo mas não foi suficiente. Dan Carter, lesionado, jogou apenas no primeiro tempo e cometeu uma série de erros.

“Jogou-se muito com o pé neste jogo e nós não conseguimos manter a bola. E quando a tivemos não fomos capazes de criar perigo, forçosamente tivemos que correr, todo o jogo para marcar e, infelizmente, não conseguimos inverter a pressão”, explicou o capitão da equipa francesa.

Os Saracens tornam-se a primeira equipa inglesa campeã da Europa desde 2007.